Finger foods: a nova tendência gourmet

Sabe aquele jantarzinho para os amigos que você sempre pensou em fazer – com comida gostosa e quem sabe até um bailinho na sala, mas sempre perde a vontade por não ter espaço suficiente na mesa para receber todos os convidados?
Então, já pode começar a arrastar os móveis, preparar a playlist porque finger foods vai ser a solução da sua baladinha privada!

Finger o quê? Isso mesmo minha gente, finger foods, que nada mais é do que toda a comida que você pode comer com a mão, sem que seja necessário sentar-se à mesa e comer com pratos e talheres. No bom português, aquele belisco de-li-ci-o-so que a gente comia nos famosos “coquetéis” rs.

Pois é, mas calma aí, não vai sair correndo ligar para aquela salgadeira que a sua avó adora e encomendar 50 centos de coxinha e rissoles, achar que está abafando e uhuuuuuuuu, festaaaaa! Rs

Na, na, ni, na, não! Tá, você pode até pedir alguns salgadinhos daqueles que todo mundo gosta – eu particularmente amo, tem puro sabor de infância – e dependendo da maneira que você serve fica um charme só. Mas, se você é superantenado com o mundo da gastronomia e não quer ficar de fora da onda finger foods vai ter que adaptar o seu conceito de comer com as mãos e inovar nos aperitivos.

finger-food-dicas-mesa

Como fazer finger foods

O finger foods alia o chique à descontração, a alta gastronomia à praticidade, o delicado e o lúdico. Não há nenhuma regra para fazer as comidinhas, apenas uma: ser criativo!

Para dar um help e inspirar na criação de petiscos e canapés, Mark Bittman – cronista do jornal The New York Times e autor de livros culinários, como “How to cook everything”, montou um esquema de ingredientes que pode resultar em 504 combinações diferentes de finger foods. Tudo, né? Dá só uma olhada no esquema:

finger-food-dicas-esquema-ingredientes

Bittman explica que a montagem do finger foods não é mais complicada do que preparar um sanduíche e dá dicas de ingrediente para preparar o petisco. Tudo começa pela base, que pode ser uma bolacha salgada, uma torradinha, fatias de pão ou vegetais. Logo em seguida vem a segunda camada, que é como se fosse a “cola”, [que vai servir de ligação entre a base e a guarnição] composta por ingredientes mais pastosos, como queijos cremosos, molho pesto, patês, antepastos de berinjela ou abobrinha, que vão dar sabor ao petisco. E no topo vem a guarnição, que também vai trazer sabor aos petiscos, e tem como sugestão bacon picadinho, castanhas, azeitonas, alcaparras, etc.

Leia também:
[Receita] Pizza com massa de couve-flor
8 programas de culinária para começar assistir agora

Além dessas ideias de combinação de ingredientes para finger foods, você também pode transformar os seus pratos em aperitivos e desconstruir as receitas de família para servir em pequenas porções. Diversificar as texturas e as apresentações também super vale. Invenção e inovação, tudo é permitido!

Banner-Verrines-Finger-Food

Formas de servir finger foods

Um dos segredos para arrasar em um evento em que você vai servir finger foods é caprichar na arrumação da mesa e apostar em um cardápio bem variado. Uma apresentação diferenciada cria todo um charme na mesa que vai encantar os seus convidados!

No copinho, ou verrines, como preferir!

finger-food-dicas-copinhos

Copos para shots, taças, mini-coccotes, xícaras, tudo isso pode ser usado para servir pequenas porções de receitas que muitas vezes você já faz no dia a dia, como saladas, risotos, massas, polenta, carne desfiada com legumes, escondidinho, etc. Adoro servir em um “verrine” um tartare de salmão com torradinha e de sobremesa, brigadeiro de diversos sabores, como limão siciliano ou chocolate amargo.

No palito

finger-food-dicas-espetinhos

O famoso espetinho normalmente arrasa! As opções são diversas, desde legumes com molho, queijos e embutidos, carnes e frutos do mar. Você pode inovar servindo o espetinho dentro de um copinho de shot com um creme para temperar. Um dos meus prediletos e super simples de fazer é o espetinho de queijo de muçarela de búfala, tomate cereja e uma folhinha de manjericão. Super simples, refrescante e fica uma delícia!
Além dos espetinhos salgados, os espetinhos de frutas, marshmallow e guloseimas são uma ótima pedida para finger foods de sobremesa!

Nos legumes

finger-food-dicas-legumes

Sim, criatividade a toda prova, pessoal! Os legumes e frutas são ótimos ingredientes-recipientes para acomodar cremes, queijos e frios e servir como finger foods. Olha só, as folhas de endívia podem virar barquinhos recheados com queijo brie, castanha de caju e regadas com mel. Figos cortado em quatro, recheados com presunto parma, cream cheese e regados com redução de vinagre balsâmico ficam simplesmente divinos. Para a sobremesa, o clássico de morangos recheados com chantilly.

finger-food-dicas-diferentes

Olha só como as tradicionais bolinhas de queijo ganham outra cara servidas em colheres de porcelana (alô salgadeira)! Para terminar suspirando, figo com presunto parma e uvas com caramelo e castanhas para a sobremesa!

E aí, babou? Demais esse tal de finger food, vai? Agora é só comprar os ingredientes para arrasar no cardápio, arredar o sofá, preparar a vitrola, chamar os amigos e ser feliz!

Imagens: via Pinterest e com informações de The New York Times, Hagah e MdeMulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *